Do G1 PR
Revólver foi entregue no começo das investigações; ele nega participação.
Coronel Jorge Luiz Martins é suspeito de nove homicídios em Curitiba.
A Delegacia de Homicídios de Curitiba recebeu nesta quarta-feira (25) o laudo do Instituto de Criminalística sobre a arma do ex-comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Jorge Luiz Martins.
O documento nega que os tiros que mataram nove usuários de drogas – crimes nos quais o militar é suspeito – tenham saído da arma apresentada.
Martins chegou a ser preso, mas conseguiu na justiça o direito de responder em liberdade. De acordo com o inquérito policial, o assassinato do filho do coronel teria motivado os crimes por vingança.

Anúncios

Sobre César.

Liberdade é o direito de fazer tudo o que a lei permite. Montesquieu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s